Brasil e México respondem por mais da metade das vendas em e-commerce na América Latina

Brasil e México são os dois maiores mercados de e-commerce da América Latina, enquanto, no segmento nacional, a varejista on-line Mercado Livre supera a gigante global Amazon, de acordo com um novo relatório.

No total, a região gera US$ 71,2 bilhões por ano em vendas no e-commerce, revela o Relatório Latin American Ecommerce (Comércio Eletrônico da América Latina) de 2018. Desse total, o México responde por US$ 21 bilhões e o Brasil por US$ 18,9 bilhões, enquanto os mercados menores da Argentina, Colômbia, Chile e Peru somam US$ 18,5 bilhões.

A Amazon pode estar entre as maiores histórias de sucesso da Internet, mas enfrenta forte concorrência na América Latina, onde teve 22,4 milhões de visitantes únicos em maio. Em contrapartida, o MercadoLivre mais que dobrou o tráfego em relação à Amazon, recebendo 56,3 milhões de visitantes únicos.

No Chile, o yapo.cl é o site de e-commerce mais popular do país, sendo o único em que o MercadoLivre não está em primeiro lugar. Nas demais regiões, o MercadoLivre garante a liderança, seguido pela Amazon ou Olx.

A alta penetração da Internet está acelerando o crescimento do e-commerce. Na Argentina, 71% das pessoas utilizam a Internet regularmente, enquanto que o Chile, a Costa Rica e o Uruguai estão em segundo lugar, com 66%.

 

Leia mais histórias no nosso Blog!