Mais remoto do que você pensa

No passado obscuro e distante, para mudar o canal da TV, as pessoas costumavam levantar da cadeira, caminhar até a televisão e apertar o botão no gabinete. Então veio a revolução, o controle remoto!

Alguns podem dizer que essa revolução ofusca outras inovações mais importantes, como a descoberta da penicilina ou colocar um homem na Lua. Talvez seja um pouco de brincadeira, mas a introdução do controle remoto teve um impacto profundo em nosso relacionamento com televisores e outros dispositivos eletrônicos. Aumentou nosso apetite para encontrar outras maneiras de economizar esforço e aproveitar mais tempo sentado em nossos sofás.

Então, à luz de todas as coisas remotas, como isso se aplica ao setor de pagamentos? Ainda vamos às lojas, pegamos uma carteira ou um telefone quando queremos pagar e inserimos nosso PIN em um terminal para fazer as coisas acontecerem. Isso significa que a revolução remota ultrapassou os terminais de pagamento e a indústria de pagamentos? Nem tanto! Vá um pouco mais fundo e você poderá ver rapidamente até onde as soluções e serviços de pagamento chegaram e o quanto pode ser alcançado remotamente.

Conheça o Marcos...

Marcos é um comerciante que nunca aceitou pagamentos com cartão, mas seu negócio cresceu a ponto de seus clientes pedirem esta solução e, se ele não oferecer essa opção, perderá negócios. Ele quer um conselho pessoal, então marca um encontro online com seu banco por meio de um bate-papo por vídeo. Isso responde a todas as suas perguntas e Marcos está pronto para fazer seu pedido para seu novo terminal de pagamento AXIUM Android da Ingenico.

Começar é bastante simples e algo que ele pode fazer online. Com alguns cliques, o novo terminal de Marcos está a caminho e deve estar com ele em alguns dias. Ele rastreia o percurso, uma vez entregue, simplesmente o conecta. Ele segue as instruções na tela e, em pouco tempo, seu novo terminal AXIUM DX8000 está funcionando e ele está pronto para operar. À medida que os dias passam e seus clientes fazem pagamentos com cartão em seu novo terminal, Marcos percebe que ainda está perdendo algumas vendas. Há muitos turistas que visitam sua loja que querem usar métodos de pagamento mais exóticos, como Alipay ou UnionPay, que ele não oferece.

Marcos não estava preparado para isso, mas por ser um tipo curioso, ele decide enviar uma mensagem ao seu banco para ver se eles podem ajudar. Após alguns minutos de bate-papo online com seu banco, ele descobre que essas opções de pagamento estão disponíveis e decide que valeria a pena adicionar uma delas. Ele simplesmente precisa esperar o download do software para atualizar seu terminal. Para evitar interrupções nas negociações, ele escolhe receber a atualização durante a noite, quando sua loja estiver fechada. A manhã chega e seu terminal está pronto, um aviso impresso informando que o software foi baixado com sucesso e ele pode aceitar pagamentos com Alipay.

Adicionar essa nova opção de pagamento faz com que Marcos pense. O que mais seu terminal poderia fazer? Afinal, seus clientes parecem confiar naturalmente nesse pequeno e poderoso dispositivo e no papel que ele desempenha sem fazer perguntas, talvez ele pudesse fazer mais? Com sua curiosidade aguçada, Marcos estende a mão novamente para seu banco, perguntando o que mais está disponível.

A resposta o surpreende, pois há uma variedade de ações diferentes que o terminal pode realizar que nunca passou pela sua cabeça. Na verdade, pensar em seu terminal apenas para pagamento parece uma visão estreita. Ele contempla todas as tarefas que deve fazer durante o dia e as oportunidades e desafios que seus clientes apresentam, pensando em formas de ajudar seu negócio. Ele navega no App Showcase da Ingenico e encontra um aplicativo que pode rastrear o que foi vendido para gerenciar melhor seu estoque, além de outro para premiar a fidelidade do cliente. Em um piscar de olhos, Marcos se inscreveu em dois novos aplicativos foram baixados e estão prontos para rodar em seu terminal. Assim como encontrar novas soluções em seu celular, tudo isso foi incrivelmente fácil

Os negócios do Marcos continuam a prosperar e seu terminal de pagamento continua com seu trabalho. Mas na semana passada, Marcos percebeu algumas mensagens de erro. Nada que o tenha impedido de receber pagamentos, mas o suficiente para ser uma preocupação incômoda. O que ele faria se ele parasse de funcionar, como ele poderia consertá-lo, e se ele acabasse sem ele por alguns dias? O pensamento de não poder usar todos os serviços que ele introduziu em seu dia-a-dia faz Marcos suar frio. Ele pega o telefone para ligar para o número do helpdesk da Ingenico que se lembra de ter recebido quando se inscreveu no banco. É melhor lidar com isso logo, então ele disca o número e liga para João.   

João garante que pode ajudar e começa verificando o relatório de autodiagnóstico do terminal. Marcos pensou que para consertar o terminal ele teria que averiguar no terminal sendo guiado pelo João, ou na pior das hipóteses fazer uma viagem até os correios para enviar o terminal de volta para reparo. Em vez disso, ele pode ver que João já se conectou ao seu terminal e está usando o diagnóstico remoto para descobrir o que está errado e como corrigi-lo. João rapidamente identifica o problema; algumas configurações de terminal não autorizadas estão fazendo com que o terminal se comporte mal. Com o pressionar de alguns botões, João fez algumas alterações, enviou-as para o terminal e Marcos está de volta aos negócios. Sentindo-se aliviado, Marcos volta ao trabalho, feliz por seu problema ter sido resolvido com tanta facilidade.

Para Marcos, iniciar e aproveitar ao máximo sua jornada de pagamento foi simples. O que é ainda melhor, ele conseguiu fazer tudo isso mantendo os pagamentos com cartão para seus clientes e continuando a administrar seus negócios. Na verdade, a única vez que ele teve que levar seu terminal para fora de sua loja foi para usar seu novo terminal móvel AXIUM EX6000 que ele acabou de adicionar para seus clientes de cafés ao ar livre. Quem disse que ser remoto significa renunciar ao toque pessoal; para Marcos, tudo foi fácil!

Simon Fairbairn

Sobre o autor

Simon Fairbairn é Head de Serviços Profissionais da Europa, Oriente Médio e África para Terminais, Soluções e Serviços da Ingenico, uma marca Worldline.

Conecte-se com Simon Fairnairn no Linkedin.

Sobre a Worldline

A Worldline [Euronext: WLN] é líder europeia no setor de pagamentos e serviços transacionais sendo a 4ª colocada no ranking de maiores players em todo o mundo. Graças ao seu alcance global e seu compromisso com a inovação, a Worldline é a parceira de tecnologia preferida por comerciantes, bancos e adquirentes, bem como por operadores de transporte público, agências governamentais e diversos outros setores da indústria. Com mais de 20.000 funcionários em mais de 50 países, a Worldline oferece aos seus clientes soluções sustentáveis, confiáveis e seguras em toda o ecossistema do processo de pagamentos, promovendo crescimento de seus negócios onde quer que estejam. A Worldline atua nas áreas de Serviços Comerciais, Terminais, Soluções e Serviços, Serviços Financeiros, Serviços de Mobilidade e e-Transacionais, incluindo aquisições comerciais locais e internacionais, tanto em lojas quanto on-line, garantindo transações de pagamento altamente seguras, com amplo portfólio de terminais de pagamento, bem como e-ticketing e serviços digitais em ambiente industrial. Em 2020, a Worldline gerou uma receita de 4,8 bilhões de euros. Saiba mais em worldline.com

worldline