Projeto SIMS – Soluções Inovadoras para um Mundo mais Sustentável

Descubra como estamos usando a tecnologia para inovar e tornar nossas operações na América Latina cada vez mais sustentáveis

Uma grande ideia pode mudar o mundo. Várias delas reunidas, porém, podem ajudar muito mais. Esse é o ponto de partida do Projeto SIMS – Soluções Inovadoras para um Mundo mais Sustentável, iniciativa que reúne profissionais de toda a América Latina e que tem como objetivo propor saídas práticas para otimizar o uso de recursos, criando processos cada vez mais assertivos e reduzindo os impactos de nossa operação à natureza e à sociedade.

Desenvolvido e liderado pelos próprios colaboradores, o SIMS nasceu em 2020 como parte do People In Awards, programa colaborativo realizado pela Ingenico. Desde então, muitas conquistas e novidades já foram alcançadas pelo time de profissionais composto por Akira Higashi (BRA), Larissa Costa (BRA), Francisca Betancourt (COL), Sofia Cesari (ARG) e Juliana Innecco (BRA), além de Mayara Inacio (BRA), Natalia Trujillo (COL) e Betina Taubas (ARG).

Para sabermos mais sobre o Projeto SIMS e como ele tem nos ajudado a usar a tecnologia para inovar e tornar nossas operações na América Latina cada vez mais sustentáveis, falamos com Akira Higashi, Coordenador de Projetos da Worldline e um dos responsáveis pela implementação do Projeto SIMS. Confira:

O que é o Projeto SIMS e como esta iniciativa começou?

O SIMS - Soluções Inovadoras para um Mundo Sustentável é um projeto que busca despertar o sentimento de responsabilidade ambiental de todos, tanto na esfera pessoal como no âmbito corporativo. Começamos esse trabalho como uma ação do People In Award, com a entrega de um aplicativo de Realidade Aumentada para divulgar como podemos fazer o descarte correto de materiais.

A partir desse app, e com o apoio da empresa, ampliamos a ação para mapear processos e demandas de nossos times e, assim, ajudar a tornar nosso ciclo de operação e de utilização dos equipamentos cada vez mais sustentáveis. Para isso, contamos com a participação de uma série de profissionais no Brasil e em toda a América Latina, identificando oportunidades para inovar e atender demandas como Economia Circular, Fontes de Energia Renováveis e Reciclagem, Reaproveitamento e Descarte de Materiais.

Qual é o propósito da iniciativa?

O mundo está vivendo profundas mudanças, com novas tecnologias surgindo de forma exponencial e a sustentabilidade se tornando cada vez mais um ponto de extrema importância para todos nós. Nosso projeto nasceu com o objetivo de buscar inovações tecnológicas que nos ajudassem a otimizar o consumo de matérias-primas e reduzir o impacto ambiental de nossa operação.

Quais são as ações colocadas em prática pelo Projeto SIMS?

Desde o ano passado, já realizamos uma série de estudos internos, além de webinars sobre sustentabilidade, com apresentações abertas a todos os colaboradores. Além disso, sem dúvida, um dos focos da iniciativa tem sido o estímulo à reciclagem e separação de materiais. Como resultado vale destacar o crescimento de mais de 240% no volume de processamento de materiais descartáveis gerados pela operação de Reparo da Worldline. Ao todo foram mais de 127 toneladas tratadas em 2020, contra cerca de 50 mil kg em 2019.

Além da separação e reciclagem, também desenvolvemos iniciativas para aumentar a reutilização interna de componentes e materiais. Entre as medidas, por exemplo, está a criação de uma máquina especial para o polimento do vidro frontal dos terminais, em um processo que reduz a troca de peças e, consequentemente, causa menor consumo de matéria-prima.

Quais outras ações podem ser destacadas?

Outra medida importante é o desenvolvimento de uma tecnologia exclusiva para o Reaproveitamento de plásticos, permitindo a transformação dos componentes em filamentos para impressão 3D, que possibilita o reuso dos materiais e carcaças em outros terminais. Isso tudo feito dentro de um rigoroso processo para atestar a manutenção da qualidade extra-classe de nossos terminais.

Destaques também para a implementação de equipamentos de separação de vidro e plástico e para a adoção de soluções de energias renováveis, principalmente solar, para alimentação completa do nosso Centro de Reparo em Sorocaba, no interior de São Paulo.

Quais os próximos passos do SIMS?

Todas essas medidas já estão presentes na operação do Brasil e, agora, a meta é levar para os demais centros da América Latina. Vamos continuar atentos às oportunidades e, com isso, pensar em novas soluções inovadoras.

Para mais informações sobre inovação e sustentabilidade visite nosso INsights e entre em contato com nosso time.

Sobre o autor

Akira Higashi é engenheiro especialista da Worldline para a região da América Latina. Ele traz mais de 15 anos de experiência na empresa em funções de desenvolvimento de soluções técnicas de tecnologia para automação comercial, serviços financeiros e centros de serviços de reparo e logística reversa. Akira implantou diversos projetos nos centros de serviços no Brasil e na América Latina, tendo como foco o uso de ferramentas inovadoras e processos digitais web. Tendo como experiência sua formação em produtos e soluções, lidera equipes de P&D de institutos e centros universitários em pesquisa e desenvolvimento em soluções inovadoras que promovem a geração de competências especializadas, melhorias de processos, criação de novos produtos e promovendo a formação de novos profissionais no mercado de tecnologia.

Akira sempre atuou em áreas de pesquisa e desenvolvimento e acredita que Tecnologia e Ciências Experimentais são ferramentas poderosas para promover um conhecimento amplo e democrático.

Sobre a Worldline

A Worldline [Euronext: WLN] é líder europeia no setor de pagamentos e serviços transacionais sendo a 4ª colocada no ranking de maiores players em todo o mundo. Graças ao seu alcance global e seu compromisso com a inovação, a Worldline é a parceira de tecnologia preferida por comerciantes, bancos e adquirentes, bem como por operadores de transporte público, agências governamentais e diversos outros setores da indústria. Com mais de 20.000 funcionários em mais de 50 países, a Worldline oferece aos seus clientes soluções sustentáveis, confiáveis e seguras em toda o ecossistema do processo de pagamentos, promovendo crescimento de seus negócios onde quer que estejam. A Worldline atua nas áreas de Serviços Comerciais, Terminais, Soluções e Serviços, Serviços Financeiros, Serviços de Mobilidade e e-Transacionais, incluindo aquisições comerciais locais e internacionais, tanto em lojas quanto on-line,  garantindo transações de pagamento altamente seguras, com amplo portfólio de terminais de pagamento, bem como e-ticketing e serviços digitais em ambiente industrial. Em 2020, a Worldline gerou uma receita de 4,8 bilhões de euros. Saiba mais em worldline.com