Como garantir a continuidade e maximizar a rentabilidade do parque terminal?

Dada a incerteza do tempo de atendimento imposta pela pandemia, as empresas precisam ter certeza sobre o funcionamento contínuo de seus terminais, pois cada venda conta com o caminho de recuperação. Andrei Gomes explica como adquirentes e redes de pagamento podem maximizar a rentabilidade de seu parque de terminais.

Como garantir a continuidade e maximizar a rentabilidade do parque terminal?

Dada a incerteza do tempo de atendimento imposta pela pandemia, as empresas precisam ter certeza sobre o funcionamento contínuo de seus terminais, pois cada venda conta com o caminho de recuperação.

Ter um aliado especialista na manutenção e reparação de dispositivos de pagamento garante a correta identificação de problemas técnicos, de forma a manter o funcionamento nos pontos de venda sem pausa e com o mínimo de afetação.

Conversamos com Andrei Gomes, chefe de análise de hardware de terminal e desenvolvedor do sistema TCoM da Ingenico, uma marca da Worldline, que explica como adquirentes e redes de pagamento podem maximizar a lucratividade de seu parque de terminais.

Na sua opinião, quais são os principais desafios que os adquirentes enfrentam quando um estabelecimento entra em contato com você porque o terminal de pagamento não está funcionando?

Às vezes, é difícil distinguir entre uma falha de software e uma falha de hardware. A dissociação nos critérios de teste e / ou aprovação gera custos desnecessários e compromete o funcionamento dos nossos clientes. Por não ter processos de triagem padronizados, por exemplo, um terminal que não foi diagnosticado corretamente pode ser instalado novamente em campo. Consequentemente, serão gerados custos de frete mais elevados, remessas duplicadas, transações não processadas, entre outros. Da mesma forma, uma alta incidência de NFF (nenhuma falha encontrada) pode ser gerada nos centros de reparo e perda de informações sobre as principais falhas terminais em campo.

Por isso, é conveniente contar com uma ferramenta como o TCoM System que padroniza os testes em qualquer tecnologia de terminal.

Como o TCoM System auxilia adquirentes e redes de pagamento na manutenção da frota de seus terminais?

Usando o mesmo padrão de qualidade de nossa fábrica e centros de reparo, o TCoM System garante que um terminal só será aprovado se seu hardware estiver totalmente operacional. Assim são realizados os testes. Padronização dos processos de triagem para evitar custos adicionais de transporte dos terminais aos centros de reparos ou diagnósticos imprecisos.

As falhas do dispositivo que não são garantidas causam interrupções desnecessárias e custos imprevistos. Isso, por sua vez, cria um certo grau de incerteza, algo que é inaceitável na maioria das empresas.

Qual é o diferencial do TCoM em relação a outras soluções disponíveis no mercado?

O TCoM System é mais que uma ferramenta de detecção, é também uma ferramenta para controlar e gerenciar sua operação com foco em testes funcionais e coleta de dados sobre falhas, facilitando a análise, rastreabilidade das informações e tomada de decisões. O componente TCoM Server permite monitorar toda a operação e gerenciar o parque de terminais instalado, gerando relatórios detalhados via web de qualquer lugar e a qualquer hora.

O Sistema TCoM é fácil de instalar e configurar graças ao seu uso modular e executável na aplicação, suportando qualquer tecnologia. Esta ferramenta foi desenvolvida pela Ingenico com base na sua experiência de mais de 40 anos na fabricação de terminais de pagamento e, portanto, na resolução de problemas técnicos. Nossos clientes mantêm seus negócios diários em execução, concentrando-se em seus negócios principais.

Como esse serviço é lançado e quais são os requisitos mínimos para uma empresa interessada?

O TCoM System foi projetado para atender a todos os tipos de operações, independentemente de seu tamanho e complexidade. Com base na avaliação de seu parque de terminais, adquirentes e redes de pagamento obterão uma solução para satisfazer seus requisitos e necessidades urgentes de negócios com o custo mais eficiente.

Se você busca aumentar a produtividade dos centros de reparo com uma solução de fácil instalação, configuração e uso, entre em contato com nossa equipe de especialistas. Descubra como obter maior produtividade do parque de terminais com o Sistema TCoM.

Engenheiro de Suporte e Soluções na Ingenico, uma marca Worldline

Andrei Gomes é gerente de projetos e engenheiro de suporte e soluções para centros de reparos na América Latina. Além disso, coordena o projeto TCoM com a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) no Brasil, sendo responsável por promover a inovação e monitorar a qualidade e segurança dos usuários da plataforma.